Passando de fase

É, os travessos estão crescendo e cada  vez mais pensantes.
Agora, as dúvidas são, entre outras, sexo, drogas e rock and roll! Rsrs…. sem sustos…. não dá mais pra dizer que os bebês nasceram da barriga e ponto. Gu, soube agora, com 8 anos, que os bebês nascem de uma relação sexual entre homem e mulher (e ele ainda não tem noção do que seja isso). Explicamos da forma mais “light” possível. O Gui soube com 9. As drogas foram puxadas pra conversa por causa de algumas músicas, rap e rock que falavam a respeito e artistas como Renato Russo, Chorão e Mv Bill, que costumam escutar. Escutam as músicas, prestam atenção nas letras, perguntam sobre os artistas que cantam as músicas e o que eles querem dizer com elas! Nem sempre, mas na maioria das vezes. Existe uma seleção musical, mas procuramos respeitar os gostos deles.
Falam muito sobre a escravização dos negros no passado – choram e sentem muita raiva -, pois estudam sobre este assunto na escola. Falam sobre o preconceito de hoje. Já sofreram preconceito, tão pequenos… E, para não alimentar o ódio, nós, responsáveis, temos que conversar muito, exaustivamente, e dar tempo pra eles pensarem, também.
Continuam falando sobre Deus e sua complexidade. E recorrem a ele em momentos de gratidão ou de ansiedade.
Suas travessuras já não são tão engraçadinhas. Seus pensamentos difíceis de traduzir. E tem mais particularidades, que não convém publicar para não invadir o espaço deles.
Bem, o que der pra publicar, vou publicando. E a maninha vem com tudo! Em breve, as postagens serão sobre os pensamentos e travessuras dela.