Meus “GGs”, presentes de Deus!

“Meu Gu”, como costumo chamar meu filho mais novo, me pergunta constantemente “como é Jesus, mãe? Ele é grande? Ele brinca com a gente? Mãe, Jesus tá comigo? Onde, mãe, eu não vejo! Mãe, eu quero ver Jesus!”. Um dia eu disse que ele só veria Jesus depois que bem velhinho morresse e ele disse que queria morrer para ver logo Jesus! Quando seu nariz está entupido, ele quer arrancá-lo: “Nariz feio! Eu vou arrancar esse nariz feio!”. Típico “zoador”, brincalhão, pirracento e super carinhoso. Desde os 2 aninhos, ao ouvir estilos musicais mais agitados, agita tudo… sacode a cabeça, gosta de ouvir som alto, gosta de bateria e guitarra. Louco por “nescau”, que na verdade, é qualquer achocolatado. Inteligentíssimo, quer crescer logo mas parece um bebezão e nos surpreende com sua percepção, consegue ler nas entrelinhas.

“Meu Gui”, meu filho mais velho sempre foi temente a Deus, ora com coerência desde mais novinho, nos repreende em nome de Jesus, falando sobre um comportamente que agrada a Deus, nunca questionou a pessoa e a presença de Jesus e não quer morrer tão cedo! Questionador, quer saber o porquê de tudo, mas sobre Deus, ele quer só ler a bíblia e “bola” várias estudos bíblicos para os “Embaixadores do Rei”. Obediente, detesta correr riscos, sério para a idade dele, ama uma boa conversa. Gosta de música, violão e contra-baixo, se irrita quando o som está muito alto (a não ser que este som faça parte da bagunça…). É bem dramático e sabe comover quando quer. Ama futebol e tem se aperfeiçoado a cada semana. Inteligentíssimo, está entre os melhores da turma e já leu com o pai, o livro de Daniel.

Duas pessoas tão diferentes, saídos da mesma barriga! Meus príncipes, minha felicidade. Presentes de Deus e Deus se faz presente quando acompanho o desenvolvimento dos meus meninos e louvo ao meu Senhor incessantemente por tê-los por perto.

Gustavo = bastão de combate
Guilherme = o que protege / o protetor

Nomes dados por Deus, personalidades também e cada um na sua particularidade O servirá com tudo que eles têm!

Nada que eu diga ou faça em gratidão, será suficiente, mas agradeço ao Senhor pelo meu nego (o pai) e pelos meus GGs, os filhos que nos deste!
Gostaria tanto, Pai, que todos os pais e mães valorizassem seus “presentes” sendo gratos a Ti e te fizessem presente em suas vidas e famílias…

**

3 ideias sobre “Meus “GGs”, presentes de Deus!

  1. Amo muito tudo isso… Amo vc preta linda e também sou muito feliz com esses filhotes maravilhosos que Papai do Céu nos deu.

    Marquinhos

  2. As crianças são sempre uma benção. Eles crescem tão rápido…Agora estou aqui lembrando da oração do Natan, que ele faz diligentemente todos os dias pela "festa de aniversário", e de que ele tb pediu para que eu orasse pela festinha dele…Os pais deveriam dar importância aos filhos, aos sonhos deles, desejos. Eu como uma professora da Igreja de criança sei muito bem os benefícios de pais presentes e amorosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *