Qual o problema do saudosismo?

Me causou muita curiosidade quando percebi, ao ler algumas reportagens, artigos e outros textos em que os autores que se referiam ao passado iniciavam com a frase “não sou saudosista, mas…” Acho que não consegui entender ainda o que é saudosismo, porque não entendo que mal há nele para que as pessoas não o aceitem!
Se saudosismo for ficar preso ao passado e desprezar o novo de todas as formas, não é realmente saudável, traz tristeza e perturbação, mas se for “saudar” o que já passou lhe dando o respeito devido, não vejo problema algum. Recordar é viver sim! Lembranças também nos trazem esperança, traz sorriso nos lábios, gargalhadas e até lágrimas que podem ser curtidas sem frustração.
Não sei, não, talvez eu seja saudosista, gosto de voltar, de ver de novo, sentir de novo coisas boas, claro! coisa ruim, tanto no passado como no presente, devem ser ignoradas. Tá, não vou dizer que aceito as novidades assim tão fácil, geralmente elas passam por uma análise, são pesadas na balança e aí então, aceitas ou não e mesmo quando não, mais tarde, provavelmente serão.
Conosco: “triste berrante” que me fez pensar sobre saudosismo e me fez lembrar a novela Pantanal que, dessa posso dizer: não tem igual! (aos que nasceram de 1981 para traz)